segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Inspiração Natalina: Bolinho Recheado com Gorrinho de Noel

Queridos leitores: É Natal! E o Biscoito não podia ficar fora da festa de delícias que cobre o mundo nessa época do ano. Claro que por aqui analisamos esse momento sob a ótica nutritivo-calórico-alimentar! E só se fala em docinhos, sobremesas e toda variedade de engordativos.

Por isso o último domingo foi de muita diversão, cheio de inspirações que agora compartilhamos com vocês.
Começamos com um bolinho recheado de beijinho e gorrinho de Noel.

A receita do bolo é muito, MUITO, especial. Quem passou para minha mãe foi minha professora do jardim de infância, Tia Graça, e por toda minha vida tenho lembranças dessa delícia pelo menos uma vez no ano. Quando eu cresci um pouco, passei eu mesma a fazer para meus irmãos. Todo aniversário era presença confirmada, recheado de beijinho e coberto de brigadeiro. Crianças, me digam: como resistir?

Mas para nossa inspiração de natal, fizemos a versão "bolinho" e cobrimos com o gorro do nosso velhinho Papai Noel.  
Bom, o rendimento é de aproximadamente 50 bolinhos, mas como sabem, aqui em casa somos só um casal então eu fiz 10 bolinhos e o restante da massa assei como um bolo comum mesmo. Vale lembrar que o rendimento depende muito do tamanho da forminha e da quantidade de massa que você colocar em cada uma.  

Ingredientes: 
  • 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 2 xícaras (chá) de açúcar
  • 1 xícara (chá) de chocolate em pó
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó 
  • 2 ovos
  • 2 xícaras (chá) de leite morno
  • 1 xícara (chá) de óleo (não precisa ser uma xícara muito cheia, pode deixar faltando um dedo)
Recheio
  • 1 lata de leite condensado 
  • 100g de côco ralado (de preferência não adoçado)
Cobertura
  • Morangos maduros e lavados 
  • 1 latinha de chantilly pronto 
ou
  • 250ml de creme de leite fresco
  • 1 colher (sopa) de açucar refinado para fazer o seu próprio chantilly
O modo de preparo do bolo é muito simples e não segue aquela técnica mais comum de bater primeiro as partes líquidas, depois as secas. Mas sempre deu tão certo que eu nunca alterei nada, faço do mesmo jeito que fiz da primeira vez.

Primeiro passe pela peneira a farinha, o açúcar, o chocolate em pó e o fermento. Misture bem até ficar homogêneo. Em seguida acrescente os ovos, o leite e o óleo e bata na batedeira por 2 a 3 minutos. A massa deve ficar bem escura e lisinha. Dá para bater na mão também, mas tem que bater bem para a massa não ficar pesada. 
Coloque nas forminhas, mas não encha até a borda porque a massa cresce bem. Tente prencher só 2/3.
Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por aproximadamente 10 minutos. Faça o teste furando o bolinho com um palito, se sair limpinho está pronto. Tire do fôrno e deixe esfriar.

Enquanto isso leve uma panelinha ao fogo médio com o leite condensado e o côco ralado. Mexa sem parar por alguns minutos. Quando engrossar um pouco, em ponto de cobertura, já está pronto. Não precisa esperar desgrudar do fundo da panela. 

Para fazer seu próprio chantilly tem um truque: coloque o batedor da batedeira e o creme de leite no congelador por 20 minutos antes de começar. Agite bem o creme antes de abrir e despeje na batedeira. Bata em velocidade alta por 4 minutos acrescentando o açúcar aos poucos. Deixe conservando na geladeira até a hora de confeitar.

Corte o centro do bolinho formando um buraquinho em forma de cone. Coloque uma colherzinha do beijinho (FRIO, nunca quente! Chantilly não combina com beijinho quente!). E depois cubra com uma camada do chantilly. Para isso use aqueles saquinhos de confeitar com a pontinha média.
Coloque o morango em cima e finalize com uma gotinha de chantilly.

Prontinho!!! E como sempre sobra chantilly e alguns moranguinhos, divirta-se!

Seja rápido! A gente não sabe quanto tempo vão resistir!

Um comentário:

  1. Eu fiz o bolinho como uma das sobremesas da Ceia, e todo mundo aprovou! Fiz a receita inteira, renderam 17 bolinhos feitos em forminhas de cupcake. Obrigada pela dica!!!

    Beijos,
    Gi

    ResponderExcluir