domingo, 17 de fevereiro de 2013

Fettuccine com Cogumelos e Vinho Tinto

Garotas, me respondam, seus lindos também são apaixonados por funghi? Me parece que o tal cogumelo é unanimidade entre os rapazes e na minha casa é óbvio que o marido adoora!

Ele passou uns dias viajando e quando voltou preparei um jantarzinho bem delícia para ele se sentir em casa. Eu não tinha nenhuma receita guardada, então resolvi juntar tudo que eu sei que ele gosta e olha só o que deu: fettucine com shitake, funghi, shoyu e vinho tinto!
Já vi muita gente preparando funghi com vinho branco, mas sei lá, quis tentar algo diferente, fui de vinho tinto mesmo e acabou funcionando demais!

Ingredientes para 2:
  • 250g de fettuccine (se não tiver, pode ser qualquer massa longa)
  • 4 cogumelos shitake frescos
  • 30g de funghi seco
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 cebola roxa grande 
  • 1 dente de alho
  • 1/2 colher de farinha de trigo
  • 2 colheres de shoyu
  • 3/4 de xícara (chá) de vinho tinto
  • 1 pimenta de cheiro pequena
  • 4 colheres de creme de leite (pode ser o fresco ou o de latinha)
  • sal e pimenta preta a gosto

A primeira coisa a fazer é levar o funghi para ferver com 2 xícaras (chá) de água por 10 minutos. Em seguida desligue o fogo e deixe descansar.

Coloque a água do macarrão para ferver. Enquanto isso pique o alho e a pimenta em fatias bem fininhas. Já a cebola tem um truque na hora de cortar. A idéia é ter tiras compridas e nem sempre a gente acha uma cebola enorme para ter esse efeito. Posicione a faca na cebola conforme a foto abaixo e faça um corte até embaixo. Assim quando a cebola começar a fritar e ficar macia essas rodelas vão se abrir e virar tiras... Espaguete de cebola, yeah!

Depois que tiver feito esse pequeno corte, basta fatiar em rodelas de meio centímetro mais ou menos. Não é para ficar muito fina para não derreter durante o preparo do molho.

Lave o shitake em água corrente e depois corte em fatias de 1 centímetro mais ou menos. Retire o funghi hidratado da água. Se preferir pode cortar em tiras menores.

Pegue 1 xícara (chá) da água usada para hidratar e coe em um filtro de papel daqueles de fazer café. A gente faz isso para não sobrar aquele pozinho que sai do funghi.

A água já deve estar fervendo, então coloque uma colher (sopa) de sal e uma colher (sopa) de óleo e leve a massa para cozinhar pelo tempo que indicar a embalagem. Lembre-se de verificar um pouco antes do tempo previsto para a massa não passar do ponto. Ela deve ficar al dente.

Em uma frigideira em fogo alto, coloque a manteiga e o azeite para esquentar. Quando a manteiga derreter coloque a cebola, o alho e a pimenta de cheiro. Deixe fritar até a cebola começar a ficar transparente.

Acrescente o funghi, o shitake, 3 colheres da água do funghi e o shoyu e vá mexendo até começar a fritar. O shitake tem que ficar marronzinho. Em um potinho misture o vinho e a farinha de trigo. Em seguida coloque na frigideira e deixe cozinhar até ficar cremoso. Prove e, se preciso, acrescente um pouco de sal e pimenta preta.

Acrescente o creme de leite e mexa bem. Se estiver usando creme de leite de latinha desligue o fogo. Se estiver usando o creme de leite fresco deixe ferver por uns 2 minutinhos. Eu usei o fresco que tinha em casa, mas não vai alterar o sabor se você usar o outro.

Escorra o macarrão e misture o molho de cogumelos! Prontinho para conquistar pela boca!

2 comentários:

  1. Nossa deve ter ficado delicioso!amo qualquer coisa que contenha cogumelos, vou tentar essa receita!
    Amei as fotos, desse jeito fica mais fácil de visualizar o modo de preparo!

    Beijos
    Marjorie

    ResponderExcluir
  2. A cara do seu molho está ótima!!! Eu já fiz uma receita com vinho+funghi e ficou muito boa! Vou testar a sua para comparar. Bjo!
    http://bloglaemkasa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir