terça-feira, 31 de julho de 2012

Fogo na Cozinha: Camarão Provençal com Risoto de Pêra Flambada

Oi pessoas! Fui passear no Mercado Municipal aqui de São Paulo e pra variar quase fiquei louca. É tanta opção, tanto sabor diferente, tanta fruta para provar... Dessa vez me surpreendi com uma promoção de camarão daqueles enormes (#amordemais) e não deu para resistir.
Como sou apaixonada por camarão queria fazer uma receita que não dirfarçasse o sabor e sim realçasse o que já é tão bom. E se tratando de camarões grandes, acho que essa é a melhor pedida sempre.
O desafio dessa receita é conseguir que tudo fique pronto na mesma hora. E para isso é sempre bom que a gente já separe todos os ingredientes antes.

Vamos começar falando do arroz. Para fazer risoto existem principalmente 3 tipos de arrozes: arbório, carnaroli e vialone. A diferença entre eles é principalmente a capacidade de absorver água e isso influencia diretamente a consistência final e no tempo de cozimento.
O arroz arbório tem um tempo menor de cozimento, tem um resultado final mais macio e mais cremoso. O arroz carnaroli tem um tempo um pouco maior de cozimento que o arbório e fica mais al dente. Também fica bem cremoso. Essa característica me deu mais segurança na hora de tentar um risoto pela primeira vez, afinal é mais difícil passar do ponto (risoto molengo ninguém merece).
Já o vialone tem um tempo bem maior de cozimento e não fica tão cremoso. Ele tem suas aplicações mas não é tão utilizado como os outros dois.

Dito isso, vamos aos ingredientes para duas pessoas:
Risoto:
  • 1 xícara de arroz carnaroli (ou arbório, se preferir)
  • 1/2 cebola pequena em cubinhos
  • 1 colher (sopa) de azeite 
  • 1/2 colher (sopa) de manteiga
  • 1/2 xícara de vinho branco 
  • 1 saquinho de "Meu Segredo" ou 1/2 caldo Knorr de Legumes (Pode usar o caldo de legumes feito em casa, mas eu estive sem tempo para preparar o meu. Em breve posto uma receitinha infalível.)
  • 750ml de água
  • 30g de parmesão ralado na hora (nesse caso vale a pena investir em um bom parmesão, pois tem alguns que tem um sabor muito forte, meio ácido, que pode aparecer no resultado final)
  • Para flambar:
    • 1 pêra grande e firme ou 2 pequenininhas (daquelas portuguesas) cortadas em fatias de 1/2 cm de espessura mais ou menos. 
    • 1/2 colher (sopa) de azeite
    • 1/2 colher (sopa) de manteiga
    • 1/2 colher (sopa) de caldo de limão siciliano 
    • 1 colher (sopa) de mel
    • 1 colher (sopa) de whisky, ou conhaque, ou vinho do porto (escolha de acordo com o sabor que você mais gosta. Marido pediu whisky e ficou perfeito)
Para quem não conhece, esse é o tal  "Meu Segredo"
Camarão:
  • 8 camarões grandes (pode ser cinza ou rosa.)
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 2 dentes de alho picado
  • 4 ramos de tomilho (só as folhinhas)
  • 2 ramos de alecrim  (só as folhinhas)
  • 1 xícara de salsinha fresca picada
  • Sal e pimenta-do-reino
  • 2 colheres (sopa) de whisky ou cachaça
Vamos começar com o risoto que demora mais, mas não esqueça de antes separar tudo que vai precisar para o camarão, ok? 

Comece com as pêras flambadas. Em uma frigideira coloque a 1/2 colher de manteiga e a 1/2 colher de azeite. Quando derreter, acrescente as fatias de pêra e mexa um pouquinho. Acrescente o mel e o limão, e misture. 

Agora é hora do perigo e o objetivo é colocar fogo só na panela. Acrescente a bebida que você escolher e vá colocando a borda da frigideira cada vez mais perto da chama do fogão, aos poucos, até que o fogo passe para dentro da frigideira. Para quem nunca flambou, a primeira vez é meio tensa porque o fogo sobe de repente, mas é bem fácil, vá com fé! (se afaste um pouco do fogão e só depois vá com fé). Quando o fogo acabar, está pronto! 

Aqueça a água e acrescente o temperinho (Meu Segredo ou Caldo Knorr). Deixe ferver e depois abaixe o fogo para manter o caldo quentinho. Não necessariamente utilizaremos todo o caldo.

Em outra panela esquente 1 colher de azeite e 1/2 colher de manteiga, coloque a cebola e deixe em fogo alto até a cebola ficar meio transparente. Acrescente o arroz e fique mexendo por 2 minutinhos. Acrescente o vinho e vá mexendo até evaporar.  Quando começar a fazer aquele barulhinho de coisa fritando, acrescente uma concha do caldo. Mexa até ficar bem cremoso. Vá colocando o caldo concha a concha, sempre esperando secar antes de colocar a próxima. A partir da segunda já aconselho ir provando os graozinhos e quando estiver al dente pode parar de acrescentar o caldo.

Se você gosta de risoto mais molhadinho, coloque um pouquinho mais de caldo. Nesse ponto coloque o parmesão e mexa vigorosamente. Acrescente as pêras flambadas com o caldinho delícia que vai se formar na frigideira e misture. Prontinho, pode desligar o fogo e tampar a panela para manter quentinho! 

O camarão é rapidinho e se você tiver um assistente na cozinha já pode começar quando o risoto estiver quase no ponto.
Medo!
Em uma frigideira bem quente (quente mesmo) coloque o azeite e a manteiga. Quando a manteiga estiver derretida coloque os camarões.
Deixe 3 minutos e depois vire os camarões. Deixe fritar mais 3 minutos. Acrescente o tomilho, o azeite, o alho, um pouco de sal e pimenta preta moída na hora. Misture delicadamente e acrescente a bebida. Fogo de novo! Flambe o camarão e depois acrescente a salsinha.

Prontinho! Agora é só lamber os dedos!
Outra idéia de apresentação

2 comentários:

  1. Eu fui muito infeliz de visitar seu blog sem almoçar, às 13 horas de uma sexta feira longaaa!! Que comida lindaaaaaa, a fome me apertou agora ! Vou tentar essa receita, mais tarde, claro!

    ResponderExcluir
  2. SHOW DE BOLA!!!! FIZ COM VINHO FICOU OTEEEEMOOOO.

    ResponderExcluir